Às vezes
Year of Creation: 2015 | Published: 2016-05-27 | Theme: Paths

Às vezes o que ele fez
Gostaria de sepultar de uma vez
Esquecer daquele mês
Livre deste estado de morbidez
 
Às vezes o que o tempo faz
Gostaria de estar em paz
Mas nada lhe satisfaz
E ele sabe que é incapaz
 
Às vezes a pressão é demais
Gostaria de não ser seu próprio capataz
Um prisioneiro de Alcatraz
Condenado de modo mordaz
 
Às vezes o rotulam de pusilânime
Gostaria de viver de forma equânime
A vontade não é unânime
Não existe razão pro Santo Daime
 
Encare, Não fuja
Lute, Insurja
Perca de maneira justa

If you liked, say thanks for author
Nice1

Report a problem

Commenting expired for this item.

Comments

No comments

Author
  • Poems: 121
  • Translations: 13
  • Comments: 0
  • Last login: 3 years ago