Profile
Author
  • Poems: 21
  • Comments: 0
  • Last login: 3 years ago
Short Self Introduction

Fernando Paralta nasceu a 7 de junho de 1951 no lugar do Casal, Aveleda, Lousada. Filho de José de Sousa, pedreiro de profissão, e de Eva da Conceição, doméstica que ripava folhelho, ingressou no mundo do trabalho com 11 anos, logo que fez o exame da 4ª classe. Foi aprendiz de sapateiro, durante cinco meses, depois em três serrações de madeira, aos quinze foi para a C.P. como águadeiro. Foi servente de escritório, dos 16 aos 18 anos, seguidamente limpador de máquinas a vapor e fogueiro. Aos 21 foi para o serviço militar, assentou praça em Espinho, tirou a especialidade de telegrafista, e seguidamente foi para a Guiné (Bissau). Regressou a Portugal, foi Maquinista, foi delegado e dirigente sindical de 1985 a 2003, altura em que se aposentou. Foi o Fogueiro e Maquinista mais jovem da história dos Caminhos de Ferro Portugueses. Quanto à escrita, começou a escrever poemas para um concurso em 1983 onde obteve o primeiro e terceiro lugar. Depois publicou o seu primeiro livro em 1990, Paixão Vida e Saudade, o segundo em 1991, Coisas da Vida, em 1994 Amar Viver e Intervir, em 2001 A Outra Face de Cristo, em 2010 Anedotas do Miúdo da Bica, em 2010 A Carreteira, em 2014 O Folhelho, em 2016 O Romântico. Fez a 6ª classe em 1994 e o 9º ano em 2008. Ainda em jovem participou em várias atividades recreativas, nomeadamente o teatro durante o seu percurso de trabalho, participou em vários cursos, profissionais e outros, de que se destacam: Higiene e solobridade, Gestão da comunicação, Comunicação interpessoal, comunicação nos grupos e equipas de trabalho, a comunicação para grandes públicos, publicidade e relações públicas, Gestão das organizações, Planeamento e Controlo de Gestão, Gestão dos Recursos Humanos, Gestão Financeira.