Silêncio
Year of Creation: 2015 | Published: 2016-05-17 | Theme: Existentialism

O sol acabara de acordar
Pela fresta da janela
Tímidos feixes de luz
Clarearam o lugar
 
Fora uma longa noite
Em que ela esperou
Uma mensagem que não chegou
De alguém que ela um dia amou
 
Ela dorme agora ao alvorecer
Pálpebras que não conseguiam se erguer
Se sonha, só ela pode saber
Um dia alguém perguntará o por quê.
 
O celular continua mudo
E assim permanecerá
Deitado ao lado dela e calado
Não vive mais nada que o faça tocar
 
E ele se foi
E ninguém sabe a última música que tocou
E ela ainda dorme
E nem desconfia do silêncio que ele deixou 

If you liked, say thanks for author
Nice0

Report a problem

Commenting expired for this item.

Comments

No comments

Author
  • Poems: 121
  • Translations: 13
  • Comments: 0
  • Last login: 3 years ago